Notícias

GTIN – Global Trade Item Number – indispensável na validação de notas fiscais já a partir de janeiro de 2018

fiscal2

Empresas de variados segmentos terão pela frente novas exigências para adequarem suas rotinas contábeis. Uma delas é o preenchimento do código GTIN (Global Trade Item Number), sequência numérica em forma de código de barras de um produto.  Esse código permite a identificação global de cada item comercializado. E, sem o preenchimento desse campo, se tornará gradativamente impossível, a partir de 1º de janeiro de 2018, validar uma nota fiscal (NF-e e NFC-e) perante as Sefaz (Secretarias de Fazenda).

A obrigatoriedade de preenchimento existe desde 2011. Porém, será conforme um calendário preestabelecido pela Secretaria da Fazenda de cada Estado, que cada setor será de fato impelido a cumprir a exigência, sob pena de ter notas fiscais rejeitadas. A GS1 é a antiga EAN/UCC.

Assim sendo, toda a cadeia de produção e comercialização será impactada – quem fabrica, quem distribui, quem revende – inclusive atacados.

Será preciso obter a validação com o preenchimento dos campos EAN (cEAN) e EAN Tributado (cEANTrib). A exigência atinge desde pequenos empresários até as gigantes da indústria, em diversos ramos.

Sempre preocupada em garantir as melhores soluções e o mais completo suporte a seus clientes, inclusive prevenindo contratempos gerados pela não observância de inovações como essas, a Varitus recomenda extrema atenção e principalmente, organização para que as empresas não tenham suas atividades e faturamento afetados.

Se ainda restam dúvidas, é só contatar nosso suporte online, pois nossa equipe está preparada para ajudar, com agilidade e segurança, em mais essa modernização contábil.

Vale lembrar que 2018 traz também como novidades – e desafios – a implementação do e-Social e da EFD-Reinf (Escrituração Fiscal Digital de Retenções e Outras Informações Fiscais).

Essas e outras exigências sua empresa cumpre melhor, mais rápido e com mais economia, contando com a expertise e os produtos e serviços da Varitus.

 

Agora, veja quais as datas em que o preenchimento do campo GTIN será obrigatória para cada segmento empresarial:

1º de janeiro/2018 – Fabricantes de brinquedos e jogos recreativos

1º de fevereiro/2018 – Processamento de fumo e produção de cigarros

1º de março/2018 – Produção de farmacoquímicos e farmacêuticos

1º de abril/2018 – Produção de equipamentos elétricos, eletrônicos, parte dos itens de informática e telecomunicações e para fins variados

1º de maio/2018 – alimentos e bebidas

1º de junho/2018 – floricultura, horticultura, pesca, extração e beneficiamento de pedras

1º de julho/2018 – têxtil, vestuário

1º de agosto/2018 – produção de itens em madeira, celulose, couro, químicos, etc…

1º de setembro/2018 – produção de itens em borracha, vidro, plástico, ferro, metais

1º de outubro/2018 – Transporte e armazenamento de grãos, serviços de audiovisual, telefonia, internet, hospedagem, restaurante, etc.

1º de novembro/2018 – atividades financeiras

1º de dezembro/2018 – todas as atividades não contempladas nas datas anteriormente mencionadas.

 

5 de dezembro de 2017.

Varitus